Portal O Novo Oeste
Jonh Deere
Cresol
Copacol Supermercados

Desemprego recua para 11,6% no trimestre


28/01/2022

Desemprego recua para 11,6% no trimestre

A taxa de desocupao caiu para 11,6% no trimestre encerrado em novembro, recuo de 1,6 ponto percentual na comparao com o trimestre anterior. O nmero de desempregados diminuiu 10,6% nesse mesmo perodo, chegando a 12,4 milhes. uma reduo de 1,5 milho de pessoas. Quando comparado ao mesmo perodo do ano anterior, houve queda de 14,5%, o que representa 2,1 milhes a menos em busca de trabalho. Os dados so da Pesquisa Nacional por Amostra de Domiclios Contnua (Pnad Contnua), divulgada hoje (28) pelo IBGE.

Na comparao com o trimestre encerrado em agosto, o nmero de pessoas ocupadas aumentou 3,5%. So 3,2 milhes de pessoas a mais no mercado de trabalho. Esse resultado acompanha a trajetria de recuperao da ocupao que podemos ver nos ltimos trimestres da srie histrica da pesquisa. Esse crescimento tambm j pode estar refletindo a sazonalidade dos meses do fim de ano, perodo em que as atividades relacionadas principalmente a comrcio e servios tendem a aumentar as contrataes, explica a coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE, Adriana Beringuy. Com isso, o nvel de ocupao, percentual de pessoas ocupadas na populao em idade de trabalhar, foi estimado em 55,1%, um aumento de 1,7 ponto percentual frente ao trimestre anterior.

Assim como nos trimestres anteriores, o nmero de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado aumentou. O crescimento foi de 4,0% frente ao trimestre encerrado em agosto, o que representa 1,3 milho de pessoas. No setor privado, os segmentos de comrcio, indstria, sade e educao e de tecnologia da informao e comunicao foram os que mais expandiram a sua ocupao com trabalhadores com carteira assinada, diz a pesquisadora.

Tambm houve aumento de 7,4% no contingente de empregados sem carteira no setor privado, ou adio de 838 mil pessoas. Frente ao mesmo perodo do ano anterior, o aumento foi de 18,7%. O nmero de trabalhadores por conta prpria tambm cresceu: o aumento foi de 588 mil pessoas (2,3%) em relao ao ltimo trimestre e de 3,2 milhes (14,3%) frente ao trimestre encerrado em novembro de 2020. Na categoria dos trabalhadores domsticos, o aumento na ocupao foi de 6,0% frente ao trimestre anterior e de 22,5% em relao ao mesmo trimestre de 2020.


A taxa de informalidade foi de 40,6% e se manteve estvel frente ao trimestre anterior, mas houve aumento no nmero de trabalhadores informais. Do crescimento de 3,2 milhes de trabalhadores no nmero de pessoas ocupadas, 43% vieram do trabalho informal. Ento, embora a informalidade continue se destacando na expanso da ocupao, a participao do trabalho formal no setor privado vem aumentando e contribuindo tambm para a recuperao da ocupao no pas, afirma Beringuy.

Enquanto a massa de rendimento real habitual permaneceu estvel, ao ser estimada em R$227 bilhes, o rendimento real habitual caiu 4,5% frente ao trimestre anterior e 11,4% em relao ao mesmo trimestre de 2020. Ele foi estimado em R$2.444 no trimestre encerrado em novembro, o menor j registrado pela srie histrica da pesquisa, iniciada em 2012.

Isso significa que, apesar de haver um aumento expressivo na ocupao, as pessoas que esto sendo inseridas no mercado de trabalho ganham menos. Alm disso, h o efeito inflacionrio, que influencia na queda do rendimento real recebido pelos trabalhadores, explica.

Comrcio impacta crescimento da ocupao

A maior parte da expanso da ocupao veio do comrcio, com aumento de 4,1%, ou 719 mil pessoas a mais trabalhando no setor. J a indstria teve crescimento de 3,7%, o que representa um acrscimo de 439 mil pessoas a esse grupamento de atividade. O segmento de alojamento e alimentao, um dos mais prejudicados desde o incio da pandemia de Covid-19, teve seu contingente de trabalhadores aumentado em 9,3%. So 438 mil empregados a mais.

1,3 milho de pessoas saem da populao fora da fora de trabalho

A populao fora da fora de trabalho teve queda de 2,0% na comparao com o ltimo trimestre. Fazem parte desse grupo as pessoas que no estavam nem ocupadas nem desocupadas na semana de referncia. A queda nesse contingente foi de 1,3 milho de pessoas. Frente ao mesmo perodo do ano anterior, houve reduo de 4,6 milhes.

Na comparao com o ltimo trimestre, 538 mil pessoas saram da fora de trabalho potencial, grupo das pessoas em idade de trabalhar que no estavam nem ocupadas nem desocupadas, mas que tinham potencial para estar na fora de trabalho. Estimado em 9,1 milhes de pessoas, esse contingente teve reduo de 2,3 milhes na comparao com o mesmo perodo do ano anterior.

J as pessoas desalentadas, ou seja, aquelas que no buscaram trabalho, mas que gostariam de conseguir uma vaga e estavam disponveis para trabalhar, foram estimadas em 4,9 milhes. A queda foi de 6,8% frente ao ltimo trimestre e de 14,4% em relao ao encerrado em novembro de 2020, quando havia 5,7 milhes de desalentados no pas.

Mais sobre a pesquisa

A PNAD Contnua o principal instrumento para monitoramento da fora de trabalho no pas. A amostra da pesquisa por trimestre no Brasil corresponde a 211 mil domiclios pesquisados. Cerca de dois mil entrevistadores trabalham na pesquisa, em 26 estados e Distrito Federal, integrados rede de coleta de mais de 500 agncias do IBGE.

Em funo da pandemia de Covid-19, o IBGE implementou a coleta de informaes da pesquisa por telefone desde 17 de maro de 2020. possvel confirmar a identidade do entrevistador no site Respondendo ao IBGE ou via Central de atendimento (0800 721 8181), conferindo a matrcula, RG ou CPF do entrevistador, dados que podem ser solicitados pelo informante.

Via: IBGE Notcias

Iguau seguros
Sicredi
BioNova
Bortolato
Center
Consultec
Sicoob
Coopercaf
Nova Aurora
Juliano
Solsten Solar
Itaipu
Univel
Cobb 2
Frimesa
Cresol
Gela a Boca
Trevisol
mercado Oliveira
Unica antiga unimed
Assis
Papa lguas
Movimet
Jonh Deere
Odontosan